Sementes piratas são fontes de pragas e doenças - Pastagem | Sementes Guinossi

Sementes piratas são fontes de pragas e doenças

Demanda anual pelas certificadas no Brasil chega a 50 mil toneladas


Publicado 25 de Setembro de 2019
Sementes piratas são fontes de pragas e doenças

Foto: Divulgação

A pirataria também atinge o mercado de sementes, Você sabia?  No de forrageiras não é diferente, a produção e comercialização se espalham pelo país. Segundo levantamentos da Unipasto (Associação para o Fomento à Pesquisa de Melhoramento de Forrageiras), estas sementes ocupam 30% do mercado de sementes forrageiras tropicais. Porcentagem alta considerando que esse mercado movimenta aproximadamente R$ 1 bilhão por ano e que representa cerca de 20% do mercado formal de sementes no Brasil. É o que revela um artigo publicado pela Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária).

A pirataria pode ser definida como a prática ilegal de vender ou distribuir produtos sem a expressa autorização do proprietário. A qualificação da pirataria como crime se encontra no artigo 184 do Código Penal, que trata da violação dos direitos do autor e os que lhe são conexos. Esta violação pode levar a pena de detenção de três meses a um ano, ou multa. Muito mais do que ferir o direito autoral e à propriedade intelectual, a pirataria causa prejuízos a toda a sociedade.

A demanda anual por sementes certificadas de espécies forrageiras tropicais no Brasil chega a 50 mil toneladas, das quais 75% destinam-se ao mercado interno e 25% para exportação. Esses números demonstram a importância dessa atividade para o agronegócio brasileiro e, dá uma ideia do prejuízo que o mercado de sementes forrageiras piratas traz para toda a cadeia produtiva.

Em poucas palavras, podemos dizer que o pecuarista é quem mais perde, pois compra sementes de baixa qualidade e pureza, o que compromete a formação e a qualidade de suas pastagens, e consequentemente o desempenho de seu rebanho.
 
Infelizmente o principal critério do pecuarista para a compra de sementes ainda é o preço e não a qualidade. O alerta aqui é que, como diz o ditado popular, "o barato sai caro", pois o custo aparentemente reduzido das sementes piratas esconde, dentre outros, por exemplo, o perigo da proliferação de pragas e doenças, cujo controle acaba elevando os custos de produção e reduzindo a qualidade da pastagem. Muitas vezes é nesse critério de decisão que o ganho do produtor vai junto.
 
Comprando gato por lebre. Os pecuaristas, elo vulnerável desta cadeia, precisam se conscientizar que a semente é um insumo básico essencial para o sucesso de qualquer sistema pecuário. Representa um valor relativamente baixo no custo total da produção. As forrageiras tropicais são um dos pilares estratégicos da sustentabilidade da pecuária brasileira no tripé: Alimento – Saúde – Genética.
 
É importante que todos os atores deste segmento da cadeia produtiva pecuária, desde as instituições de pesquisa, os desenvolvedores e provedores de cultivares, os produtores de sementes forrageiras, os comerciantes, os pecuaristas, os órgãos fiscalizadores como o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento atuem juntos mitigando a produção e o comércio ilegal de sementes. Somente juntos teremos força para mudar e qualificar o mercado brasileiro de sementes forrageiras.
 
Lembrem-se, as pastagens são a base para produção de proteína animal nos trópicos e, em parte, dela devemos o sucesso da nossa pecuária.

Fonte: Lucimara Chiari, chefe-adjunta de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Gado de Corte


Mais de Pastagem
Saiba como recuperar um pastagem degradada

Saiba como recuperar um pastagem degradada

Conheça as melhores dicas para cuidar da sua pastagem, economizando dinheiro e trazendo resultados

Inverno: cuidados com a produção

Inverno: cuidados com a produção

Será possível manter uma boa produção durante a estação que vai iniciar?

Manejo de pastagem: conheça mais sobre essa prática

Manejo de pastagem: conheça mais sobre essa prática

Conheça as práticas, benefícios e objetivos do manejo de pastagem na produção

Pastagens: conheça as suas categorias

Pastagens: conheça as suas categorias

Fique por dentro e saiba das 3 categorias de pastagem e suas características

Saiba como manter seu pasto mais produtivo no outono

Saiba como manter seu pasto mais produtivo no outono

Com a chegada da estação da queda das folhas, conheça dicas para manter a qualidade da produção

Pecuária a pasto: simples, barata e produtiva

Pecuária a pasto: simples, barata e produtiva

Conheça as etapas para se fazer uma boa pastagem

Saiba as vantagens do uso do feno na alimentação animal

Saiba as vantagens do uso do feno na alimentação animal

Emprego na propriedade pode favorecer o desempenho do rebanho

Clima influencia no desenvolvimento das plantas

Clima influencia no desenvolvimento das plantas

Existem muitas espécies que podem ser utilizadas como pastagem para o gado

Sementes piratas são fontes de pragas e doenças

Sementes piratas são fontes de pragas e doenças

Demanda anual pelas certificadas no Brasil chega a 50 mil toneladas

Escolha da forrageira é etapa essencial à pastagem

Escolha da forrageira é etapa essencial à pastagem

Escolher a espécie é uma etapa importante e depende do objetivo do sistema de produção

Quais as recomendações para uma boa pastagem?

Quais as recomendações para uma boa pastagem?

No território brasileiro, aproximadamente 95% da carne bovina é produzida em regime de pastagens, cuja área total é de cerca de 167 milhões de hectares.

Escritório

Rodovia Raposo Tavares
Km 620,3
Presidente Venceslau - SP

Atendimento

18 3271-3200
18 3271-3476
contato@sementesguinossi.com.br

© 2020 Sementes Guinossi. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Agência Prudente Empresas