Escolha da forrageira é etapa essencial à pastagem - Pastagem | Sementes Guinossi

Escolha da forrageira é etapa essencial à pastagem

Escolher a espécie é uma etapa importante e depende do objetivo do sistema de produção


Publicado 06 de Agosto de 2019
Escolha da forrageira é etapa essencial à pastagem

Foto: Divulgação

Quem está pensando em formar pasto tem que, primeiro, escolher a espécie forrageira. E que tal escolher um capim que o boi gosta de comer? Existem várias opções e sugestões. Em segundo lugar, o produtor deve preparar bem o solo, cuidar a semeadura e do primeiro pastejo – para garantir uma boa formação do pasto.

Aruana, Brizantha, Decumbens, Estilosantes Campo Grande, Humidícola, Llanero, Massai, MG-4, MG-5, Mombaça, Ruziziensis e Tanzânia são tipos de sementes em nosso portfólio de produtos. Cada uma delas têm características peculiares. 

Algumas situações levam ao estabelecimento do pasto, como: abertura de áreas novas, áreas de integração lavoura-pecuária, substituição de espécies e recuperação de áreas degradadas.

Escolher a espécie é uma etapa importante e depende do objetivo do sistema de produção, do quanto o produtor pode investir e da mão de obra disponível. O clima da região é outro ponto importante que se deve levar em conta, bem como a qualidade do solo e como será utilizada a forrageira; se é para pastejo, silagem, fenação ou vedação escalonada e, ainda, que categoria animal utilizará o alimento.

 Preparo do Solo

Depois de escolher a forrageira vem a etapa do solo que deve ser bem preparado para receber a semente de pastagem. O solo tem que ser protegido contra erosão, a vegetação indesejada deve ser retirada e se fazer uma análise de solo para determinar o uso de corretivos. Deve-se também controlar os insetos e pragas, promover a distribuição do calcário e do fósforo, arar, gradear, distribuir potássio e nitrogênio, fazer uma gradagem niveladora e cuidar a umidade do solo.

Semeadura

A semente a ser utilizada deve ser de qualidade – saudável, vigorosa e livre de contaminação por impurezas, nematoides e sementes indesejadas. Elas devem ser plantadas de três a cinco centímetros de profundidade. Dependendo do caso, as sementes podem ser plantadas a lanço, em sulcos ou plantio direto.

Primeiro pastejo

A finalidade do primeiro pastejo é diminuir a competição eliminando o excesso de plantas da área. É também de proporcionar uma cobertura de solo mais rápida, e que antecipando a utilização da forragem, os animais aproveitam melhor o alto valor nutritivo do pasto resultando uma boa produção animal por área, além de evitar o acamamento da forrageira.

Quanto aos cuidados no primeiro pastejo, "a área deve receber animais depois de 40 a 75 dias após a germinação da forrageira – assim que a planta atingir 75% da altura superior indicada para o manejo do capim. Só entrar com animais leves para diminuir o arranquio de plantas e evitar a compactação do solo.

Bons negócios

O sucesso de uma boa formação de pastagens depende da escolha certa da espécie forrageira, de uma adequada utilização, de usar sementes de boa qualidade, ser bem semeada e na quantidade certa, o que varia de uma espécie para outra. Tudo isso e um manejo adequado assegura ao produtor retorno econômico e longevidade da pastagem.

Com informações da Embrapa


Mais de Pastagem
Saiba como recuperar um pastagem degradada

Saiba como recuperar um pastagem degradada

Conheça as melhores dicas para cuidar da sua pastagem, economizando dinheiro e trazendo resultados

Inverno: cuidados com a produção

Inverno: cuidados com a produção

Será possível manter uma boa produção durante a estação que vai iniciar?

Manejo de pastagem: conheça mais sobre essa prática

Manejo de pastagem: conheça mais sobre essa prática

Conheça as práticas, benefícios e objetivos do manejo de pastagem na produção

Pastagens: conheça as suas categorias

Pastagens: conheça as suas categorias

Fique por dentro e saiba das 3 categorias de pastagem e suas características

Saiba como manter seu pasto mais produtivo no outono

Saiba como manter seu pasto mais produtivo no outono

Com a chegada da estação da queda das folhas, conheça dicas para manter a qualidade da produção

Pecuária a pasto: simples, barata e produtiva

Pecuária a pasto: simples, barata e produtiva

Conheça as etapas para se fazer uma boa pastagem

Saiba as vantagens do uso do feno na alimentação animal

Saiba as vantagens do uso do feno na alimentação animal

Emprego na propriedade pode favorecer o desempenho do rebanho

Clima influencia no desenvolvimento das plantas

Clima influencia no desenvolvimento das plantas

Existem muitas espécies que podem ser utilizadas como pastagem para o gado

Sementes piratas são fontes de pragas e doenças

Sementes piratas são fontes de pragas e doenças

Demanda anual pelas certificadas no Brasil chega a 50 mil toneladas

Escolha da forrageira é etapa essencial à pastagem

Escolha da forrageira é etapa essencial à pastagem

Escolher a espécie é uma etapa importante e depende do objetivo do sistema de produção

Quais as recomendações para uma boa pastagem?

Quais as recomendações para uma boa pastagem?

No território brasileiro, aproximadamente 95% da carne bovina é produzida em regime de pastagens, cuja área total é de cerca de 167 milhões de hectares.

Escritório

Rodovia Raposo Tavares
Km 620,3
Presidente Venceslau - SP

Atendimento

18 3271-3200
18 3271-3476
contato@sementesguinossi.com.br

© 2020 Sementes Guinossi. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Agência Prudente Empresas